Justiça determina afastamento imediato do prefeito de Taperoá do cargo

O pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba determinou o afastamento imediato do prefeito de Taperoá, Jurandir Gouvêia(MDB), além da proibição do gestor de manter contato com outros denunciados no processo, e o ingresso dele em todas as repartições públicas do município.

Segundo uma denúncia do Ministério Público da Paraíba, o gestor burlou a lei de licitações, ao locar um veículo próprio para a prefeitura. Segundo os autos, Jurandir adquiriu um carro, modelo Hilux SW4 (Ano 2010), e colocou em nome de seu motorista particular, Jocel Farias de Queiroz.

Logo após ser descoberto pela Câmara Municipal, que tomou conhecimento, o prefeito teria repassado o veículo a uma empresa de locação de veículos Silva Locação de Veículos LTDA, que seria de um genro do prefeito, e continuou locando o veículos para a prefeitura.

Foram denunciados, além do prefeito, Jocel Queiroz, e Welligton Farias de Ribeiro e Evandro Queiroz da Silva, este último responsável pelo setor de licitações da prefeitura de Taperoá.

Categoria:Cultura